2c28fe05 cd6c 4d98 9856 c14f7b92cb2a

A Polícia Civil de Arapiraca investiga se o empresário Jean Kelmane Diniz Pinheiro, morto durante confronto policial na manhã desta quinta-feira (8), tinha ligação com a prática de agiotagem.

No imóvel onde ele foi localizado os policiais encontraram várias anotações com nomes de pessoas e valores. Os policiais receberam informações de que o empresário emprestava dinheiro a juros e agia com truculência quando os devedores não o pagavam dentro do prazo.

Jean havia sido preso por porte ilegal de arma de fogo. Ele também é acusado de homicídio contra um sargento da reserva, crime ocorrido em julho de 2014 em Arapiraca.