10a6deb6 08d0 47c8 bad2 a5c0b006eb2e

Na tarde desta terça-feira (2) a equipe de reportagem do Minuto Arapiraca recebeu uma denúncia feita por usuários da empresa Real Alagoas, que reclamam da superlotação e da falta de conforto e segurança nos coletivos que fazem a linha Maceió/Arapiraca.

Nas fotos enviadas por uma internauta é possível visualizar diversas pessoas viajando em pé, incluindo idosos. A internauta relata ainda que 19 pessoas viajaram em pé no ônibus que partiu as 15 horas desta terça-feira do Terminal Rodoviário da capital rumo à Arapiraca.

Numa das fotos pessoas são flagradas sentadas ao chão na parte dianteira do veículo, logo após a catraca, entre elas uma criança de aproximadamente dois anos de idade. O local, que fica entre os degraus da porta e o assento do motorista, não permite a permanência de passageiros.

Uma das passageiras relata que além de apertadas as poltronas não dispõem de cinto de segurança, o que pode aumentar o risco de morte ou ferimentos mais graves no caso de acidentes.

A nossa equipe de reportagem tentou contato com a empresa Real Alagoas, porém não obteve êxito através dos telefones informados no site. Ao repassar a demanda para a Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Alagoas (ARSAL) a equipe foi informada que a denúncia será repassada para a Ouvidoria do órgão.