27d39e66 ba6e 45fd acbf 79b8b58b2c7d

“Um verdadeiro presente para a nossa cidade”.  Assim definiu a aposentada Maria Barbosa Amorim, quando perguntada sobre a apresentação da Orquestra Filarmônica de Alagoas, na noite desta terça-feira (19), na Concatedral de Nossa Senhora do Bom Conselho, no centro de Arapiraca.

Dona Maria, acompanhada por familiares, chegou cedo à igreja, ela explicou que não poderia deixar de participar dessa noite especial. O desejo de ouvir as notas, sentir as músicas e ver os instrumentistas de perto, a fez chegar com antecedência ao local, onde acompanhou a movimentação de tantas outras famílias,  que também atenderam ao convite da prefeitura de Arapiraca para viverem momentos especiais na programação do “Natal em Família”.

“Esta semana eu assisti a apresentação de outra orquestra, mas foi pela televisão. Assim que soube que teria a Filarmônica na nossa programação de Natal, eu fiquei feliz, e logo combinei com a minha família para prestigiar tão sublime momento, só conferido há alguns anos, quando estive em Curitiba. Não poderia deixar de prestigiar, na minha cidade, a  Orquestra Filarmônica de Alagoas”, declarou Maria Barbosa Amorim.

Entre as famílias presentes na igreja, a do prefeito Rogério Teófilo. Quando perguntado, após a apresentação, sobre o significado do momento, ele ressaltou a valorização de uma programação natalina pensada para as famílias arapiraquenses.

“O sentimento de agora, após a brilhante apresentação da Orquestra Filarmônica de Alagoas, é de amor e serenidade, que se estende para o público presente. Uma apresentação como essa, só vem engrandecer Arapiraca. A valorização da família e a participação popular simbolizam o verdadeiro sentido do Natal”, declarou Rogério Teófilo.

Concerto de Natal

Os aplausos contínuos da plateia, ao final de cada música, durante toda a apresentação, deixava claro que se tratava de uma noite especial. Sob a regência do maestro Luiz Martins, a orquestra, formada por 55 instrumentistas, apresentou um repertório variado, que passeou dos clássicos da música erudita, com ênfase nas natalinas, ao regional.

Entre as músicas,  “Ave Maria” e  “Jesus, a alegria dos homens”, de Johann Sebastian Bach; “Lago dos Cisnes”, de Tchaikovsky; “Fanfarra para um homem comum”, de Aaron Copland; e “Natal Nordestino”, de Eliezer Setton. O maestro comentou que na escolha do repertório foi levado em conta as músicas que tragam um significado para as pessoas, por isso não ficou restrito a músicas natalinas.

“Para essa apresentação foi escolhido um repertório que vai desde o tradicional do natal, a coisas mais novas, como por exemplo, a primeira peça tocada Fanfarra para um homem comum, que é uma obra com significado intrínseco: o homem precisa pensar mais em comunidade, que é o verdadeiro sentido do Natal”, destacou o maestro Luiz Martins.

Além do rico repertório, o público ainda foi presenteado com a simpatia do maestro, que levou para o local a proposta de familiarizá-lo com a apresentação da formação da orquestra e todos os instrumentos. “Eu não gosto muito de usar o do termo ‘música clássica’. Música é Música. E ela toca a alma das pessoas”, declarou.

O maestro, que também enfatizou a sua alegria em retornar a Arapiraca, local da estreia da orquestra, em julho deste ano, parabenizou o prefeito Rogério Teófilo pela iniciativa da programação do “Natal em Família”, e ainda agradeceu ao secretário Municipal de Cultura, Lazer e Juventude, Silvestre Rizzato e ao padre Antenor Montenegro, pároco da concatedral, pela acolhida.