37675046 a721 4c4b 9bca f1baebda8a05

O volume de chuva que caiu desde o início do ano até este mês, em Arapiraca,  já superou o índice registrado durante 2016, que foi de 540 mm. De acordo com dados da Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, até o momento, o volume já ultrapassa os 1000 mm. A avaliação é positiva e um indicativo para o promissor negócio da agricultura.

Os pluviômetros já registraram 1007,50 mm de chuva, volume superior ao ano passado e da média histórica acumulada dos últimos 46 anos, que é de 892,71 mm. Lembrando que um milímetro de chuva equivale a 1 litro de água acumulada sobre uma superfície de área igual a um metro quadrado.

Segundo Roberto Amaral, secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente,  todas as barragens de Arapiraca estão cheias e sangrando. E, segundo as previsões, essa peculiaridade climática deverá se estender pelos próximos três anos.

O secretário ainda explica que o alto volume de chuvas faz com que o lençol freático inicie um processo de recuperação, após os seis anos de forte estiagem. “A agricultura certamente será o melhor investimento dos próximos anos, principalmente o setor das hortaliças, que deve ser um dos mais beneficiados, uma vez que a irrigação depende exclusivamente dos poços artesianos e cacimbas”, ressaltou o secretário.