A109affc f0a5 4255 be0f 5e57d4f4bff5

O jogo entre Confiança e ASA foi emocionante. Muitas variações. O Dragão abriu o placar no finalzinho do primeiro tempo, com Thiago Silvy, e o Alvinegro foi buscar o empate na etapa final. Jhulliam teve a chance de fazer o gol da virada em Aracaju, mas perdeu um pênalti e a partida desta segunda terminou mesmo empatada por 1 a 1, na Arena Batistão.

O Dragão, que não vence há sete partidas, é agora o sexto colocado, com 10 pontos. O Alvinegro tem a mesma pontuação, mas está em sétimo, pelo saldo. Sábado, o ASA disputa o clássico alagoano contra o CSA, às 21h, em Arapiraca. No mesmo dia, o Confiança encara o Salgueiro, às 20h, no interior de Pernambuco.

Confiança domina no primeiro tempo

O jogo começou com muita marcação. Disputas ríspidas no meio-campo e poucas jogadas efetivas. Aos 12 minutos, o ASA ainda sofreu uma baixa pesada. Destaque do time alagoano, o atacante Leandro Kível sentiu uma lesão muscular e foi substituído pelo estreante Brunão. Aos 16, a primeira chance do jogo. Thiago Silvy cabeceou com liberdade e a bola passou perto do gol alvinegro.

O Confiança voltou a apertar aos 21. Jussimar furou na área depois de ótima jogada de Léo Ceará. A partida ficou morna. Aos 47 minutos, Radar experimentou do meio da rua e Carlão fez uma boa defesa. Foi uma pancada. Aos 51, a defesa do ASA se atrapalhou, o goleiro também cochilou e a bola chegou para o atacante Thiago Silvy, que cabeceou livre para abrir o placar.

ASA responde na etapa final

O segundo tempo foi bem melhor para o ASA. Aos 11 minutos, Everton bateu falta e acertou o travessão do Confiança. Teve mais. Aos 14, André Lima também cabeceou na trave do time sergipano. André, quatro minutos depois, cabeceou de novo e a bola passou muito perto do gol.

O Confiança recuou muito e continuou passando sufoco. De tanto tentar, o ASA chegou ao empate aos 24 minutos. Everton cobrou escanteio e Jhulliam emendou de primeira, numa bela virada. Primeiro gol do atacante com a camisa alvinegra. Jhulliam poderia ser o herói da partida, mas perdeu a chance da virada. Aos 32 minutos, o árbitro marcou pênalti para o ASA. Jhulliam assumiu a responsabilidade, escolheu o canto esquerdo, mas chutou pra fora. O Confiança chegou apenas aos 41. Léo Ceará acionou Thiago Silvy livre, mas ele não alcançou a bola na área.