E524940d 9a6b 4124 8af2 6a0452b8d904

Morreu na manhã desta quarta-feira (14) um dos maiores símbolos da cultura musical arapiraquense. Aos 87 anos, Severino Firmino da Silva, popularmente conhecido como Severino do Papel, morreu de causa natural em sua própria residência, localizada no Bairro Santa Esmeralda.

Severino do Papel deixa sete filhos e sua esposa, Dona Rita, órfãos, além de uma legião de fãs boa música nordestina.

De acordo com familiares, Severino do Papel estava com várias apresentações agendadas para o período junino.

O seu sepultamento está programado para acontecer às 15 horas desta quinta-feira (15) no Cemitério Pio XII.