14965778796132

O ASA vem fazendo uma campanha irregular no Campeonato Brasileiro da Série C e tinha uma missão difícil de tentar se recuperar diante do Fortaleza, no Estádio Presidente Vargas, mas não conseguiu. Na noite deste sábado (03) o time alagoano segurou o rival no primeiro tempo, mas acabou derrotado por 3 a 0 e segue na zona de rebaixamento do Grupo A da competição nacional.

Com apenas três pontos o ASA segue na 9ª posição, a frente apenas do Cuiabá. Na próxima rodada o time alvinegro recebe o Salgueiro em Arapiraca. O Fortaleza é o líder do Grupo A com 9 pontos e terá a frente o lanterna da chave.

O JOGO

Antes mesmo da partida o técnico do ASA, Maurílio Silva afirmou que iria buscar o jogo, mas que teria marcação reforçada. E foi exatamente o que aconteceu. O ASA fechou as portas para o Ceará e até tentou atacar, mas quando percebeu que poderia abrir espaço, travou o jogo e segurou o empate sem gols no primeiro tempo.

Veio a segunda etapa, o ASA parecia ter esquecido o “aperto” na marcação e acabou penalizado. Aos 6 minutos, Lúcio Flávio foi lançado livre, saiu de frente para Carlão e não teve trabalho para dar um toque por cima do goleiro e abrir o placar no PV.

O ASA ainda sofreu pressão, mas conseguiu resistir. O técnico Maurílio Silva mudou de um lado, Paulo Bonamigo e as alterações só surtiram efeito do lado cearense. Isso porque o time da casa seguiu atacando e ganhou mais uma ajuda na partida.

Airton fez falta dura, levou o segundo amarelo e acabou expulso, deixando o ASA com um jogador a menos. Pior para a equipe alagoana que aos 43 minutos sofreu o segundo gol. Bola na área, a defesa cortou mal e Jô bateu forte e cruzado, ampliando para o tricolor.

O ASA estava entregue no jogo e ainda sofreu o terceiro nos acréscimos. Aos 47 minutos, Leandro Cearense bateu para o gol e contou com desviou na zaga. Final do jogo no Presidente Vargas, Fortaleza 3 x 0 ASA.