Esposa de empresário desaparecido afirma não haver qualquer laudo oficial confirmando a morte do marido



Por Adalberto Custódio

Apesar de alguns veículos da imprensa terem noticiado que o corpo encontrado no último final de semana seria do empresário arapiraquense José Ednaldo de Matos, 37, familiares afirmam que nenhum laudo oficial confirma que o corpo encontrado no interior pernambucano pertence ao empresário arapiraquense.

Entrevistada pela equipe de reportagem do Minuto Arapiraca, a esposa do empresário, Vanessa Ramos, afirmou que o Instituto Médico Legal (IML) de Recife não emitiu qualquer laudo confirmando a identidade do corpo encontrado carbonizado na cidade de Iati no último final de semana.

“Estamos correndo atrás de alguns exames que o Ednaldo fez há doze anos quando foi submetido a uma cirurgia na perna. Quando tivermos com esse documento em mãos iremos levar para o IML, a fim de que os dados genéticos sejam confrontados com as amostras coletadas do corpo encontrado.

Apesar de abalada com o desaparecimento do esposo e com a quantidade de boatos surgidos em torno do caso, Vanessa Ramos diz que é preciso ter cautela. “Algumas coincidências levam a crer que o corpo pode pertencer ao Ednaldo, mas enquanto não houver a confirmação mantenho acessa a esperança de que ele pode estar vivo. O corpo encontrado está totalmente carbonizado e a confirmação só poderá ocorrer mediante ao exame de DNA”, disse.

 

ENTENDA O CASO

Informações dão conta que José Ednaldo, popularmente conhecido como “Novo”, estava em seu estabelecimento comercial, um lava jato localizado na Rua Estudante José de Oliveira Leite, quando um suposto cliente chegou ao local e pediu para levá-lo em casa e, em seguida, trazer o carro de volta para a lavagem.

Segundo a esposa do empresário, Vanessa Ramos, ele teria entrado no veículo com o suposto cliente e não mais retornado. “Ele demorou muito e comecei a ficar preocupada. Comecei a tentar fazer contato com ele, mas os seus celulares estavam desligados”, frisou.

À equipe do Minuto Arapiraca, a esposa do empresário afirmou que no momento em que o cliente chegou ao estabelecimento José Ednaldo estava almoçando e teve que interromper a refeição.

“Estranhei o fato de nunca ter visto aquele veículo nem o cliente em nosso estabelecimento. Meu esposo entrou no carro normalmente e apenas disse que iria levar o cliente em casa e voltaria em alguns minutos”, disse.

A esposa disse que José Ednaldo não possuía inimigos nem envolvimento com coisas ilícitas. “Ele é uma pessoa decente e um pai de família trabalhador. Estou angustiada, desesperada a espera de alguma notícia”.



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}