1488759257167

Em mais um clássico de portões fechados, CRB e ASA fizeram um jogo disputado, com chances de gol para ambos os lados na tarde deste domingo (05) no Estádio Rei Pelé. Melhor para o CRB, que teve um pênalti nos acréscimo e venceu por 1 a 0 com gol de Elias.

A vitória apenas ratifica a classificação do CRB para o hexagonal, após atingir 17 pontos e liderar com folga o Grupo A. O time regatiano volta a jogar diante do CSA pela Copa do Nordeste no dia 12 e no dia 19, novamente pelo Alagoano vai enfrentar o Santa Rita. O ASA aguarda o seu adversário na Copa do Brasil e no dia 12, enfrenta o Sete de Setembro pelo estadual.

O JOGO – 1º TEMPO

A falta de torcedores não prejudicou o futebol das equipes no “Trapichão”. Os dois times faziam um jogo equilibrado e a todo momento buscavam o gol. Pelo lado do CRB, as melhores chances foram com Neto Baiano, que sem em crise com o gol e Danilo Pires, que bateu pra defesa do goleiro Luis Cetin e em seguida, a defesa afastou.

Já o ASA, tinha como referência o artilheiro Leandro Kível. Na chance mais clara do time alvinegro, Téssio mandou na are e o camisa 9 estava bem na jogada, mas apenas resvalou e não conseguiu mandar no gol de Juliano.

Primeiro tempo empatado e sem gols em Maceió.

2º – TEMPO

O segundo tempo começou ainda mais movimentado. Bola na área, que sobrou para Danilo Pires, que mais uma vez para no goleiro do ASA. O time alvinegro não demorou para responder.

Bola na área do CRB, o goleiro Juliano não afastou, Téssio bateu, o goleiro defendeu e na sobra, com o gol livre, Doda acabou desperdiçando uma grande oportunidade de abrir o placar no Rei Pelé.

A partida era “lá e cá”. O CRB investiu com Danilo Pires que estava num duelo particular com o goleiro Cetin. O ASA quando chegou foi mais perigoso. Leanderson cruzou e Téssio mandou no travessão.

Aos poucos s chances davam lugar a marcação apertada. Marcado em campo, o atacante Leandro Kível do ASA se estranhou com o zagueiro Flávio Boaventura do CRB, Após discussão e empurra-empurra, o árbitro Charles Hebert expulsou os dois atletas.

O jogo tinha car de empate sem gols. Mas aos 47 minutos, Eron derrubou o zagueiro Adalberto na área e o pênalti foi marcado. Elias foi para a cobrança, bateu bem e garantiu  vitória do CRB por 1 a 0.