ASA bate o Coritiba no Couto Pereira e se garante na terceira fase da Copa do Brasil



Por Minuto Esportes
(Gazeta Press)

O começo do ano tem sido mais do que positivo para o ASA. Liderando seu grupo no Campeonato Alagoano, o time alvinegro também vem se destacando na Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (23), o time arapiraquense foi até o Estádio Couto Pereira enfrentar o Coritiba, não tomou conhecimento, foi eficiente e venceu por 2 a 0, garantindo assim a vaga para a terceira fase da competição nacional.

Classificado, o ASA garante R$ 640 mil por se garantir na terceira fase da Copa do Brasil. Agora o alvinegro de Arapiraca aguarda o vencedor do confronto entre Paraná e Bahia.

O JOGO – 1º TEMPO

Com a bola rolando no Couto Pereira, o Coritiba tomou a iniciativa e encontrando dificuldades para entrar na área do ASA, arriscava nas bolas paradas. Logo nos primeiros minutos o time da casa conseguiu uma falta na entrada da área, batida por Carlinhos, que parou no goleiro Luis Cetin, que tirou no ângulo.

O ASA esperava o Coritiba e tentava os contra-golpes, mas ainda não havia achado espaço para atacar. O “Coxa” por sua vez, continuava insistindo, mas a defesa do time alagoano afastava. Se não dava por cima, a esperança seria por baixo e Kléber “Gladiador” arriscou de fora da área e parou no goleiro alvinegro.

Aos poucos o ASA se soltava em campo e cresceu no final da etapa. A primeira chance veio aos 40 minutos, quando Leandro Kível foi lançado e testou por cima da baliza rival. Mas, o melhor viria nos acréscimos. Aos 46 minutos, Téssio cobrou escanteio e encontrou Eron, na “risca” da pequena área, sem precisar subir, desviou para o fundo das redes. ASA 1 a 0.

Depois do gol o árbitro encerrou o primeiro tempo. O ASA terminava a primeira etapa com a vaga na mão e o Coritiba deixava o campo vaiado.

2º – TEMPO

Na volta para o segundo tempo o Coritiba veio com mudanças e até recomeçou o jogo mais agressivo, mas a partida se mostrava ainda mais disputada. Quem chegou primeiro foi o ASA em jogava veloz de Téssio, que foi travado na hora do chute, dentro da área.

O  time da casa respondeu e com Iago levou muito perigo. Na primeira, o meia-atacante arriscou de fora da área e mandou perto do gol de Cetin. Na segunda, fez um “carnaval” na defesa do ASA, bateu, a bola resvalou na defesa e quase atrapalha o goleiro do ASA que conseguiu segurar a bola.

Mas o ASA mostrou que não iria aceitar a pressão da equipe paranaense. Tocando a bola e buscando o gol, principalmente pelas laterais, a equipe alagoana trabalhava bem e Nata resolveu arriscar de fora da área com um chutaço, que ainda resvalou no goleiro Wilson e depois acertou o travessão em cheio.

O tempo ia passando, o Coritiba começava a pressionar de forma desorganizada e o que mais chamava atenção era a marcação forte por ambas as equipes. Melhor para o ASA que administrava o resultado no “Alto da Glória”.

E assim o jogo seguiu até o final. O Coritiba se lançava ao ataque, deixava espaços e o ASA respondia buscando o gol que poderia sacramentar a partida. E assim como no primeiro tempo, o ASA repetiu a história e foi fatal na segunda etapa.

Nos acréscimos, dessa vez aos 48 minutos, falta perigosa para o ASA e Leandro Kível foi para a cobrança. O atacante bateu forte e acertou o ângulo da equipe rival. Final de jogo no Couto Pereira, Coritiba 0 x 2 ASA.



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}