14333273631747

O São João de Arapiraca este ano terá quatro polos de eventos e começa já no dia 15 deste mês, além de garantir a ‘festança’ em 10 comunidades do município. 
 
A época junina remete a tempos em que a família arapiraquense se reunia em frente de casa, assando milho, pulando fogueira, soltando chuvinha e vivenciando a tradição, de fato. 
 
“É este sentimento que a prefeita Célia Rocha quer resgatar, como forma máxima da expressão da cultura de seu povo: o forró aliado às pessoas que mais amamos”, diz a secretária Municipal de Cultura e Turismo, Tânia Santos. 
 
Segundo ela, recursos na ordem de R$ 500 mil viriam para o setor cultural de Arapiraca, por meio do empenho do deputado federal Paulão, o qual fez emenda que tardou a ser votada e aprovada em Brasília, e a quantia virá somente para o São João de 2016. “Há muitos trâmites burocráticos e decidimos fazer nossos festejos, ainda que sem este montante que estávamos contando”, completa a secretária. 

Tânia Santos afirmou que este ano os eventos terão apadrinhamentos de empresas locais e assegurou que haverá no ar um sentimento mais intimista – não à toa o slogan este ano é “São João de Arapiraca: É Festa Pra Toda Família”. 
 
Polos 
 
O município, além de enfeitar suas ruas, lojas e vitrines com mais um concurso Minha Loja, Meu Arraiá”, terá vários pontos de manifestações culturais. 

A começar pela Praça Luiz Pereira Lima (antiga Praça da Prefeitura), bairro do Centro, no dia 15, com o “Sítio do Afrísio”, comandado às segundas-feiras o arrasta-pé, a partir das 8h na tenda cultural, pelo mestre Afrísio Acácio do Acordeon. 
 
Outro polo será o Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves, no Parque Ceci Cunha, também no Centro, com atrações de forró pé-de-serra. Não muito longe, no mesmo parque, em frente ao Ginásio Municipal João Paulo II, haverá uma cidade cenográfica, contando com parque de diversões e brincadeiras que remetem ao interior, comidas típicas e até um palco montado para shows a serem divulgados em breve – serão três dias de apresentações musicais.
 
Por fim, o quarto polo de atividades será na sede do Sesc, bairro de Santa Edwiges, onde quadrilhas juninas – de Arapiraca e de fora – irão se inscrever para competir entre si para ver quem está com o passo matuto e estilizado mais bonito.