Palavras, apenas. Palavras pequenas. Palavras...ao vento.



Por Victor Silva

Todo mundo já está escaldado de saber da situação do tal Ciço. A ingratidão é um ponto recorrente no mundo da bola e, por mais que as pessoas apelem para o "ele é profissional", "ele sabe o que se passa na vida dele", o caráter deveria ao menos se sobressair, ou neutralizar as coisas. E, de fato, as coisas são assim. Só ele sabe o que se passa e deve saber o que é melhor pra ele.

Nunca se foi questionada a escolha em si. Mas, a forma como tudo se conduziu. Desnecessário fazer cena e chorar lágrimas de crocodilo quando se havia contato desde tempos atrás, desnecessário mentir pra amigos e fazer outros falarem que confiam na palavra dele e que tinham certeza de que no desdobrar da história, as coisas iriam se esclarecer. E se esclareceram...

Se deixou levar por promessas levianas, iludiu e enganou pessoas, traiu uma instituição que sempre o acolheu, inclusive nas duas vezes que tentou alçar voos maiores e caiu. Nas idas e vindas, sempre teve torcida, dirigentes e clubes ao lado, mas mentiu.

Provou, mais uma vez que, no mundo atual do futebol, assim como no mundo em si, palavra, honra e hombridade são coisas cada vez mais raras.

Que vá em paz e não volte nunca mais. Siga seu caminho e tente não fazer o que fez aqui. Tinha tudo pra sair pela porta da frente, ser lembrado pro resto da vida e até depois de sua morte pelos seus feitos, preferiu manchar e apagar, para ser lembrado como "mais um", apenas.

Lembrando que, se não fosse o ASA, seria mais um Cícero, apenas.



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}