Aos que possa interessar.



Por Victor Silva

Nós temos vivido dia após dia durante esse ano com um único objetivo, e sonho: Nossa volta à Série B. Agora nos deparamos com mais um capítulo, que pode ser o último – e triste –, ou que pode prolongar por mais 2, ou 4, e nos trazer, de volta a alegria em nosso olhar no que diz respeito ao esporte bretão.

E agora está nos pés de vocês, senhores atletas. Está no pé de cada um que vai vestir nosso manto e entrará em campo no dia 19, defendendo mais do que um clube, defendendo toda uma cidade que vive em prol de uma Agremiação e que se entristecerá mais uma vez, caso não consigamos o que temos almejado desde aquele novembro de 2013.

Nós fizemos, e faremos nossa parte. Infelizmente, nada será suficiente se os senhores não quiserem. Mas se quiserem, saibam que temos plena confiança na qualidade de vocês e, mais ainda, depositamos confiança no caráter de cada um, no profissionalismo que fez nossa diretoria trazê-los para nos defender E HONRAR ESSA CAMISA que tanto pesa em nosso estado.

Pecamos, sabemos, durante essa trajetória. Todos pecamos em algum momento por algum motivo. Os motivos foram diversos, mas agora é hora de esquecer tudo e ver que cada gota de suor, cada discussão, cada choro, valeu à pena. É hora de, no dia 19, às 23 horas, sabermos que estamos de volta de um lugar onde não merecíamos NUNCA ter saído. É hora de cada um aqui escrever seu nome em nossa história. Seja como diretor, como jogador, como torcedor e até como secador, aos que torcem contra. Todos seremos integrantes de mais um capitulo na história da Agremiação Sportiva Arapiraquense.

Pensem nas suas famílias, senhores jogadores, e, pensem também, nas famílias alheias. Pensem na família que vai ficar aqui dependendo de nossa classificação. Na família de cada torcedor que sai do conforto de suas residências para apoiá-los, e chorar, sorrir, pelo alvinegro de Arapiraca.

Daqui a dois meses, no máximo, vocês vão embora. Irão seguir suas vidas, assinar novos contratos e iniciar novos trabalhos. Nós, não. Nós ficaremos aqui, possivelmente amargando mais um ano nessa situação, ou comemorando e agradecendo eternamente a cada um pelo esforço, pela garra, pelo pique a mais, pelo carrinho a mais, agradecendo por aquele “algo” a mais que nos trará tanta felicidade. Nossa libertação precisa vir. O grito está engasgado.

 

VAMOS SUBIR!



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}