A importância de ser doador de sangue



Por Maxwell Lucio Barbosa

A importância de ser doador de sangue.

O HEMOAL (banco de sangue em Maceió) juntmente com o HEMOAR (banco de Sangue em Arapiraca) lançaram uma campanha de doação de sangue na última semana.

Pois bem. Há alguns anos acompanho os trabalhos prestados pelo HEMOAR, hemocentro de Arapiraca, e sempre encontro uma situação preocupante quanto ao estoque de sangue naquela unidade. No HEMOAL não é diferente, acredito, pois não é a toa que constantemente está se fazendo campanhas e mais campanhas para doação.

E nós? Continuamos inertes, infelizmente.

Quantas campanhas pontuais de doação de sangue são lançadas nas redes sociais ou nos meios de comunicação, onde familiares e amigos de pessoas tomadas de surpresa por problemas de saúde graves, acidentes, vítimas de violência etc., se mobilizam para SALVAR aquelas vidas diante da dificuldade de conseguir o líquido vital? Dezenas, centenas talvez.

E nós? Continuamos inertes, repito.

Talvez por achar que aquela situação jamais nos alcançará; que somos habilidosos ou cuidadosos demais para nos envolver em acidentes; que temos saúde de sobra e somos imunes às doenças; que o acaso é para os outros. Pura BESTEIRA.

Acidentes, problemas de saúde, o acaso (sim, o acaso) não escolhem as pessoas por raça, cor, credo, idade etc. Todos estão sujeitos às adversidades da vida.

Então, vamos tentar mudar a situação agonizante de nossos bancos de sangue. Vamos fazer doações regulares a fim de manter o estoque de sangue em nossos bancos em um nível satisfatório, ao menos. Vamos abraçar a campanha dos Bancos de Sangue de nossa região.

Doar sangue é um gesto simples de desprendimento, de voluntariado, de caridade, de amor ao próximo. Doar sangue é salvar vidas, pois cada bolsa de sangue de uma única doação se transforma em quatro bolsas dos seguintes Hemocomponentes (podendo salvar até quatro vidas):

  1. concentrado de hemácias (glóbulos vermelhos) – utilizados em pacientes com anemias agudas causadas por hemorragias, perda de sangue, cirurgias, transplantes, tratamentos de leucemias e doenças falciforme;
  2. concentrado de plaqueta,- utilizadas em pacientes que fazem tratamentos de leucemia,  oncologia em quimioterapia e radioterapia, dengue hemorrágica etc.;
  3. plasma – utilizado em pacientes com sangramento, queimaduras, transplantados, portadores de cirrose e outros problemas hepáticos, e
  4. crioprecipitados que podem ser utilizados em diversas situações clínicas, a exemplo da hemofilia etc.

                                               DOE SANGUE – DOE VIDA



Veja Mais


Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.


  • Avatar

    {{ comment.nome }}

    {{ comment.created_at | date : 'dd/MM/yy HH:mm' }}

    {{ comment.comentario }}