Postagens


Mestra de Piaçabuçu, Patrimônio Vivo de Alagoas, expõe na galeria do Sesc Arapiraca


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

A Exposição Mestra Menina, aberta na quinta (09), na galeria do Sesc Arapiraca, traz facetas dos universos que povoam a imaginação dos ribeirinhos do “Velho Chico”, onde o poético e o lúdico apresentado por Maria de Lourdes Menezes - reconhecida como Mestra Bonequeira, Patrimônio Vivo de Alagoas, desde agosto de 2011 - coloca de forma delicada a vida, a religiosidade e a cultura dessa gente simples, fervorosa e alegre.

Os curadores da exposição, Jasiel Martins e Dalva de Castro, representantes da Associação Olha o Chico, criam um grande arcabouço imaginário onde a vida e a obra de Mestra Lourdes se fundem em cores, metáforas, sincretismos, lendas e o cotidiano de personagens de Piaçabuçu.

Retalhos e pedaços de papel tornam-se instrumento de trabalho e dão vida a bonecos de pano e painéis que contam um pouco das histórias do Rio São Francisco e de suas lendas onde figuras femininas, a exemplo das Mães D´Água - sereias do Chico, não só encantam pescadores como trazem bonança. A forte imagem que evoca o religioso contemplativo traz a Rainha, e protetora das águas, Iemanjá. As imagens masculinas também trazem o sincretismo religioso nas figuras de São Jorge e seu cavalo, e do Preto Velho.  

A natureza exuberante e a expressividade de quem mora às margens do Velho Chico saem do imaginário e ganham vida em cada releitura feita de forma pessoal e única. O que mais encanta na Exposição Mestra Menina é a delicadeza com que Mestra Lourdes se expõe para revelar o seu amor ao seu povo, à sua cultura e ao seu eterno Chico.

Veja as fotos da exposição: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/15228/2015/04/13/mestra-de-piaabuu-patrimnio-vivo-de-alagoas-expe-na-galeria-do-sesc-arapiraca

Serviço:

Visitação: de 10/04 a 15/05/15, domingo a sexta, das 12h às 18h

Local: Galeria Sesc Arapiraca

Agendamento de visitas: 3482-2402/ 3482-2400

 

 

 

 

 

 

Morro Santo da Massaranduba volta a ser palco da Paixão de Cristo em Arapiraca


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

O “Morro Santo da Massaranduba” voltou a ser palco da encenação da Paixão de Cristo na capital metropolitana do agreste, nos dias 03 e 04 de abril. Mesmo com número de cenários menor do que das apresentações em anos anteriores o espetáculo não perdeu o brilho, principalmente pela interpretação dos atores que garantiram fortes emoções nas principais e tradicionais cenas da peça.

O ator Erivaldo Garrote, pelo terceiro ano, interpretou Jesus Cristo. Sua estreia em 2011 trouxe uma carga de responsabilidade extra por substituir o ator Marcos Cordeiro que mantinha uma legião de fãs devido a sua interpretação de um Jesus “visceral e intenso”, mas o jovem ator de Estrela de Alagoas conquistou o público ao dar vida a um Jesus Cristo jovial e sensível.

Agora em 2015, assim como em 2012, Erivaldo Garrote entrou em cena de forma segura, com o texto impecável garantindo força a um Cristo voltado a cumprir as determinações de seu Pai.  Ao lado de Erivaldo, Carol Moraes foi destaque no papel de Maria, Viviane Oliveira como Madalena, e Igor Rozza como Pôncio Pilatos.

Após dois anos sem espetáculos devido à falta de patrocinadores, este ano atores e produção da Paixão de Cristo do Morro Santo da Massaranduba uniram forças para retomar o projeto. Com o apoio de poucos patrocinadores - o que garantiu apenas uma infraestrutura muito simples, o elenco abriu mão dos cachês para assegurar a apresentação do espetáculo.

A redução do orçamento para a realização do espetáculo forçou o corte da iluminação cênica o que foi driblado com criatividade ao colocar a apresentação para às 16h. Mas, o que fica desta “odisseia” é o comprometimento do produtor cultural Wagno Godez e de atores jovens e experientes, como Homero Cavalcante, em não deixar morrer um dos mais tradicionais espetáculos ao ar livre de Alagoas, a Paixão de Cristo no Morro Santo da Massaranduba.

Ator global Victor Sparapane interpreta Jesus na Cidade de Maria


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

O maior complexo teatral ao ar livre do mundo, a “Cidade de Maria”, no município de Craíbas, nos dias 30 de março, 03, 04 e 05 de abril abriu os portões das muralhas da cidade cenográfica para receber o público alagoano para a encenação do espetáculo da Paixão de Cristo. No papel principal, o ator global Victor Sparapane criou momentos expressivos ao lado das brilhantes atuações dos atores alagoanos Diva Gonçalves - como Maria, Régis de Souza - Pôncio Pilatos, Cosme Rogério - interpretando sacerdote Anás, e Jiulien Costa - Caifás.

O espetáculo da “Paixão de Cristo na Cidade de Maria” contou com a experiência de renomados profissionais alagoanos que conquistaram “know-how” pela atuação e direção por vários anos consecutivos no espetáculo da Paixão de Cristo no Morro Santo da Massaranduba, em Arapiraca.  A direção de produção assinada por Marcos Cordeiro, a direção de elenco por Maxuel Silva, a coordenação de figurino por Isabele Cavalcante e a direção geral de Alberto do Carmo garantiram ao espetáculo alto nível técnico e um olhar atento aos mínimos detalhes.

A “Cidade de Maria” localizada em uma das áreas mais áridas da região agreste de alagoas foi construída com o propósito de evangelizar com responsabilidade social. O mentor do projeto, o deputado federal Givaldo Carimbão, revelou que mais de dois mil dependentes químicos já passaram pelo projeto que hoje é referência em experiências exitosas, no que se refere à reabilitação e inclusão social.

Segundo Carimbão, o projeto de uma cidade cenográfica para a apresentação de espetáculos teatrais como a Paixão de Cristo, apresentado no período da Páscoa, e o Nascimento de Jesus, encenado durante os festejos natalinos, nasceu com a necessidade de tornar o complexo autossustentável.

Pronto para receber um público de vinte e uma mil pessoas - três vezes mais do que o complexo teatral de Nova Jerusalém, em Pernambuco - a “Cidade de Maria”, com certeza, em longo prazo estará entre os destinos de turismo religioso mais solicitados em nível nacional.

Arquitetas são homenageadas pela Vivade Desig


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

O talento da mulher arapiraquense é homenageado neste mês de março pela Vivace Desig e Click Due.

Caminhada da Pestalozzi levanta bandeira de conscientização sobre o autismo


Por Lourdes Rizzatto

Arapiraca presenciou na manhã desta quarta (01) a união de entidades voltadas às pessoas com deficiência física e intelectual para abraçar a causa do Dia Mundial de Conscientização do Autismo.  A caminhada organizada pela Associação Pestalozzi de Arapiraca contou com a participação de mais de cem pessoas, incluindo pais, cuidadores, pacientes, alunos e profissionais da instituição, além da equipe de basquete de cadeira de rodas da Associação dos Deficientes Físicos e Mentais de Arapiraca – ADEFIMA, e representantes da Associação de Pessoas com Transtornos Autísticos de Arapiraca – APTAA.

A primeira ação voltada à sensibilização da população arapiraquense com relação ao autismo iniciou às 08h ainda no ponto de concentração para a caminhada, na praça Lions, no bairro Alto do Cruzeiro. Com faixas a equipe Pestalozzi abordou motoristas e motociclistas nos semáforos para a entrega de material informativo. Na sequência, com apoio da SMTT, a caminhada seguiu com panfletagem em direção ao centro do comércio abordando pedestres e lojistas da capital metropolitana do agreste.

Segundo Karine Pinheiro, psicóloga do Serviço Especializado de Atendimento ao Autista – SAUT, desde a implantação da Pestalozzi em Arapiraca, há dezoito anos, a instituição atendia em média quinze pacientes autistas por ano, mas com a criação do SAUT, em 2013, a demanda aumentou e, hoje tem quarenta pessoas na faixa etária entre três e quinze anos de idade em atendimento e mais alguns em lista de espera. “Recebemos pessoas de Arapiraca e de vários municípios do agreste e do sertão que são atendidas por uma equipe multidisciplinar composta por psicóloga, fonoaudióloga, terapeuta ocupacional e fisioterapeuta e cada paciente possui  planejamento individualizado o que favorece o seu desenvolvimento” informou  Karine.

O autismo é uma síndrome que atinge quase dois milhões de brasileiros, segundo estatísticas. No mundo, a ONU - Organizações das Nações Unidas estima que existam mais de setenta milhões de pessoas com este diagnóstico.  “É necessário diagnosticar o autismo ainda na primeira infância porque quanto mais cedo for identificado o TEA – Transtorno do Espectro Autista, mais chances de desenvolvimento esse paciente terá. Na Pestalozzi o atendimento vai além do cognitivo, pois trabalhamos também de forma externa com idas monitoradas do paciente a supermercados e outras atividades lúdicas.  Esta caminhada referente ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo tanto chama a atenção da sociedade, quanto do próprio autista para que ele possa se sentir parte dessa sociedade”, finalizou a psicóloga do SAUT.

O final da caminhada na Praça Luiz Pereira Lima contou com a apresentação musical de Wesley Santos, paciente da Pestalozzi diagnosticado com TEA aos três anos de idade. Atualmente, aos onze anos ele colhe os frutos do tratamento precoce. Kelvia Lopes, presidente da APTAA, falou sobre a importância da parceria entre as instituições para a troca de informações visando a melhoria da qualidade de vida dos autistas. Josete Miranda, professora do Serviço de Atendimento Pedagógico Especializado, da Pestalozzi reforçou a importância dessa união tanto para o autista, quanto para os familiares.

O desfecho do evento ficou por conta de Selma Maia, mãe de Lívia de treze anos, diagnosticada autista desde 2006. Selma reforçou a importância da compreensão e aceitação de pais e familiares ao se depararem com o diagnóstico de autismo. “Temos que deixar o amor falar mais alto, temos de deixar nossos medos de lado, não podemos sentir culpa ou procurar culpados, temos que conhecer o que é o autismo e dar a nossos filhos o melhor de nós para que eles sintam-se amados e aceitos.”, finalizou.

Veja fotos: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/15193/2015/04/01/em-caminhada-pestalozzi-levanta-bandeira-de-conscientizao-sobre-o-autismo-

 

Via Sacra encerra atividades lúdicas da Pestalozzi


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

A Associação Pestalozzi de Arapiraca encerrou nesta terça, 31, o cronograma de atividades alusivas à Páscoa com a encenação da via sacra, na escola da instituição. As ações que iniciaram no dia 25 com “oficinas lúdicas” no Centro Especializado de Reabilitação Física e Intelectual - conhecido como Clínica da Pestalozzi e envolveu os setores de Serviço de Atendimento Neurossensorial – SAN, Serviço de Estimulação Precoce – SEP e Serviço de Atendimento ao Autista – SAN. Ao todo duzentos pacientes participaram das oficinas que visaram a integração da clientela com deficiências neurológicas e intelectuais no contexto das celebrações pascais.

Os pacientes do SEP com menos de um ano de idade até três anos foram estimulados por pinturas e colagens para incentivar a percepção de cores e texturas.  O SAN e o SAUT realizaram oficinas de confecção de ovos de chocolate com o objetivo de estimular a atividade motora, além do olfato e paladar. A socialização foi outro ponto forte a ser trabalhado pela equipe multidisciplinar da Pestalozzi.

Na escola da instituição os ensaios para a apresentação da via sacra foram iniciados na primeira semana de março após o horário do recreio.  Segundo Yagre Silva, diretora do Serviço de Atendimento Pedagógico Especializado – SAPE (também conhecido como escola da Pestalozzi), “a alto estima dos alunos foi trabalhada desde o primeiro ensaio para que eles se identificassem como capazes, competentes, membros que fazem parte da sociedade”.

O SAPE atende a mais de cem crianças, adolescentes e adultos de Arapiraca e das regiões circunvizinhas na faixa etária entre nove e cinquenta anos de idade. A diretora do Serviço de Atendimento Pedagógico Especializado também ressaltou o empenho dos profissionais que compõem a Associação Pestalozzi de Arapiraca, tanto na clínica como na escola, ao enfatizar  que esse momento serviu para mostrar às famílias os avanços de cada paciente, de cada aluno e mostrar a interação entre clínica, escola, aluno e família para que pais e cuidadores possam valorizar mais seus filhos e parentes que possuem limitações .

Segundo a equipe multidisciplinar da Pestalozzi, a entrega dos profissionais ao projeto “Páscoa” foi gratificante por mostrar aos pacientes e alunos a capacidade que eles tem de realizar.  Professoras e recreadoras também deram um brilho a mais ao encerramento das atividades lúdicas com a apresentação de uma peça teatral para os alunos do período da manhã, onde a moral da estória foi valorizar o perdão.

Os personagens chapeuzinho vermelho, a mãe de chapeuzinho, o lobo mau e o coelhinho da páscoa encantaram alunos, familiares e funcionários da instituição com um musical repleto de momentos de interação com o público. A recreadora Keully Nunes, narradora da peça, frisou que foram escolhidos para o musical personagens que fazem parte do imaginário coletivo das crianças e adolescentes para que a mensagem levada pudesse ser compreendida pelos alunos.

Na agenda da Pestalozzi atividades lúdicas fazem parte do cronograma da instituição para o próximo mês, entre elas: peça teatral alusiva ao Dia do Livro Infantil; oficinas voltadas à comemoração do Dia do Índio e do Dia de Tiradentes.

Veja fotos: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/15187/2015/03/31/via-sacra-encerra-atividades-ldicas-da-pestalozzi

 

 

 

 

 

 

Cidade de Maria recebe convidados para o lançamento do espetáculo da Paixão de Cristo


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Uma grande recepção foi organizada para receber convidados, autoridades políticas e religiosas para o lançamento do espetáculo da “Paixão de Cristo” na cidade de Maria, no dia 23 deste mês. O anfitrião do evento e idealizador do “Complexo da Cidade de Maria”, deputado federal Givaldo Carimbão, falou sobre a aquisição do local há mais de dez anos, do trabalho de recuperação de dependentes químicos, e da missão evangelizadora de sua família.

O prefeito do município de Craíbas, Bruno Pedro, a secretária de cultura de Alagoas, Melina Freitas, o deputado estadual Carimbinho, padres, e o Bispo da Diocese de Penedo, D. Valério Breda, subiram ao palco e fizeram uso da palavra para falar sobre a importância da Cidade de Maria para toda Alagoas.

O coordenador do espetáculo, o ator Marcos Cordeiro e o diretor geral da Paixão de Cristo da Cidade de Maria, Alberto do Carmo, apresentaram parte do elenco frisando a importância da valorização dos atores alagoanos e o crescimento do movimento artístico, principalmente na região agreste por conta da apresentação do espetáculo. Após a cerimônia oficial, convidados e autoridades foram conhecer toda a área onde será apresentado a peça.

Veja fotos: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/15183/2015/03/26/cidade-de-maria-recebe-convidados-para-o-lanamento-do-espetculo-da-paixo-de-cristo

Millane Hora, show de simpatia no lançamento do Riviera do Lago


Por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

A capital metropolitana do agreste é, com certeza, a “menina dos olhos” de investidores quando o assunto é expansão imobiliária em Alagoas.  Grandes empreendimentos de alto padrão, há alguns anos, chegam à maior cidade do interior do estado trazendo tecnologia em materiais e serviços e novos equipamentos para proporcionar melhor qualidade de vida a um público que opta por moradia segura e com conforto. Dentro desse cenário o Residencial Riviera do Lago se apresentou à sociedade arapiraquense em uma linda festa de lançamento, no dia 19, onde o ponto alto do evento foi o show da cantora Millane Hora.

O empreendimento é mais um projeto de sucesso do empresário arapiraquense José Alexandre que em parceria com a TERRAL Incorporadora e URB4 investem em uma região que em médio prazo será considerada área nobre de Arapiraca. Localizado na região do Lago da Perucaba, uma das áreas com valorização crescente na cidade devido a projetos de urbanização aprovados pelo governo federal, como exemplos o contorno asfáltico e urbanização do Lago da Perucaba, implantação de equipamentos para a população como academia ao ar livre, construção do Centro de Convenções do município e uma estação de tratamento de esgotos para a bacia do Perucaba. O Residencial Riviera também será beneficiado com a implantação do primeiro bairro planejado de Alagoas e futuras construções de duas faculdades e de um hospital.

A festa de lançamento do empreendimento reuniu a sociedade arapiraquense para uma noite de confraternização, onde o sentimento de “amor pela cidade de Arapiraca” pairou sobre os convidados ao conhecerem a proposta do Riviera e ainda mais com o depoimento e performance da cantora arapiraquense Millane Hora, alagoana que brilhou no palco da última edição do “The Voice Brasil”.

A declaração de amor de Millane à sua terra natal emocionou os convidados e deu um ar intimista à festa. O repertório impecável envolveu o público e deixou claro o orgulho que esta jovem cantora tem em ser nordestina.  A energia positiva de Millane contagiou e fez os convidados dançarem e clicarem sua performance no palco, mas o grande e extraordinário ponto alto da noite foi o show de atenção e simpatia de Millane Hora com seus fãs.  Delicada e disposta a ser fotografada com todos que a procuraram, esta arapiraquense carimbou definitivamente o coração de quem a conheceu pessoalmente com a marca das grandes estrelas: o respeito pelo seu público.

Grandes Empreendimentos

A maior cidade do interior de Alagoas, no período entre 2009 e 2012, esteve entre as cidades que mais cresceram no nordeste e no Brasil, segundo pesquisas realizadas pelo jornal Folha Mercantil, e um dos principais responsáveis por esta estatística foi o “boom” imobiliário que trouxe, além do primeiro shopping ao município, a motivação de empreendedores da terra a investirem em moradias de alto padrão.

O primeiro a apostar em loteamentos fechados de alto padrão foi o empresário Jadielson Pessoa, com o Residencial Ouro Verde. Ruas calçadas, piscina, salão de festas, sistema de segurança e portaria monitorada foram os diferenciais que marcaram o empreendimento. Em 2012, o empresário arapiraquense Wolney Rocha lançou o primeiro condomínio de Arapiraca, o “Villa De La Roche” com fiação subterrânea para rede elétrica e de telefonia, cabos de fibra ótica, gerador de energia elétrica para áreas externas, piscina tratada com ozônio e aquecimento solar, piso intertravado nas calçadas e ruas para proporcionar maior conforto térmico por reduzir a temperatura em 30% em relação aos outros pisos, sistema interno de monitoramento de câmeras de segurança via internet, guarita blindada, entre outros equipamentos voltados ao conforto dos condôminos através da tecnologia.

Em 2013, os empresário Liberto Firmino e João Evangelista lançaram o Residencial Sierra. O projeto arrojado, com área total superior a 73.000m², destinou cerca de 45.000m² a preservação e restauração da biodiversidade com trilhas para caminhadas. Investindo no conceito do ecologicamente correto substituiu a madeira pelo concreto em áreas abertas de convívio dos condôminos, além de gerenciamento do lixo com a coleta seletiva, e a otimização energética com fontes de energia renovável. Portaria blindada e um heliponto aprovado pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil são alguns dos equipamentos que reforçam a marca de alto padrão do residencial.

Em 2013, o empresário José Levino lançou o primeiro bairro planejado de Alagoas, o Perucaba Bairro Planejado. O bairro que contará com loteamentos fechados de alto padrão terá sistema de CFTV integrado com detecção instantânea (Sistema IP), gerador total para toda a área comum (incluindo iluminação de ruas), portaria com 2 faixas de acesso e 2 de saída, clube, sistema de abastecimento de água, sistema de coleta e tratamento de esgotos sanitários, sistema de drenagem de águas pluviais, central de coleta de lixo, e ampla estrutura de conforto e segurança.

O Residencial Riviera do Lago, lançado este ano, vem para mostrar que o mercado imobiliário continua aquecido na capital metropolitana do agreste, apesar do momento de retração vivido pelo país. A parceria do empresário José Alexandre com o presidente do grupo Terral, Leonardo Gomes, e o sócio-diretor da URB4, José Paranhos, traz para Arapiraca um  loteamento fechado com cinturão verde no entorno do empreendimento, portaria social com controle de acesso independente para visitantes, portaria de serviço exclusiva, vias de acesso iluminadas, ruas pavimentadas, clube completo, uma estação de tratamento do esgoto residencial, além de uma grande estrutura que complementam a proposta de moradia de alto padrão.

Veja fotos: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/15178/2015/03/29/millane-hora-show-de-simpatia-no-lanamento-do-riviera-do-lago


Click Due